AgroEconomia

Abrafrutas projeta receita de US$ 950 milhões com vendas externas de frutas frescas em 2018

As exportações brasileiras de frutas frescas devem fechar o ano com uma receita total de US$ 950 milhões, com um volume de 964 mil toneladas.

As exportações brasileiras de frutas frescas devem fechar o ano com uma receita total de US$ 950 milhões, com um volume de 964 mil toneladas. Em 2019, pela primeira vez na história as vendas externas do setor poderão ultrapassar a cifra de US$ 1 bilhão, com um crescimento de 23% sobre o resultado de 2017. E, a partir de então, crescer pelo menos 10% ao ano. A previsão foi feita pelo presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (Abrafrutas), Luiz Roberto Barcelos.

As principais frutas exportadas pelo Brasil são melão (23,7%) e manga (21,14%). Também se destacam o limão e a lima ácida (13%), a maçã (8,8%), a melancia (7,7%) e o mamão (5,5%), segundo as vendas externas em 2017.

O presidente da Abrafrutas integrou a comitiva liderada pelo secretário executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar  Novacki em visita à Europa, liderando uma missão empresarial que participou da Fruit Attraction, em Madri. Novacki fez a abertura do pavilhão brasileiro na mais importante feira do setor na Europa e uma das mais importantes em todo o mundo, e que chegou este ano à sua décima edição.

Em Madri, Novacki falou sobre o potencial brasileiro no comércio mundial e especificamente sobre as exportações de frutas. Lembrou esforços feitos pelo governo em parceria com entidades do setor privado com o objetivo de melhorar a qualidade, aumentar a produção, o consumo interno e as exportações de frutas, como a implementação, neste ano, do Plano Nacional de Desenvolvimento da Fruticultura (PNDF).

As metas de longo prazo do PNDF, com data fixada até 2028, incluem participar com R$ 60 bilhões no mercado global de alimentos, aumentar o consumo interno de frutas para 70 quilos per capita ao ano e atingir US$ 2 bilhões em exportações de frutas frescas e derivados.

 

 

Fonte: Comex (*) Com informações do Mapa

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo