AgroEconomia

Imea aponta valorização de 4% no milho do Mato Grosso

O Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) divulgou relatório apontando que o Indicador Imea exibiu 4,07% de alta na última semana para os preços do milho em Mato Grosso.

Segundo o relatório, a alta que deixou a cotação média em R$ 28,67 a saca, se deu “com produtores segurando negócios no mercado devido à menor disponibilidade do milho no estado de Mato Grosso”.

Além disso, a demanda mais aquecida pelo cereal para ração animal e produção de etanol sustentou a Bolsa Brasileira (B3) com valorização de 3,31% na última semana, com preço médio de R$ 43,96 a saca.

Outro destaque da publicação é o custo de produção do milho de alta tecnologia no Mato grosso para a safra 2019/20. O custo variável recuou 0,08% no mês ficando em R$ 2.102,77 por hectare, mas as despesas dentro da porteira subiram 2,21% em comparação com a safra 2018/19.

“As principais causas dessa variação foram: a desvalorização do dólar em 0,80% em relação à média mensal de setembro, em conjunto com a baixa nos preços dos fertilizantes e dos defensivos, influenciada pela alta oferta mundial de produtos e por ser o período de incentivos para a finalização de estoques”, explica o Instituto.

Veja o relatório completo no site do IMEA.

  • Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar