AgroEconomiaAgroGeral

Peste africana derruba o lucro da maior produtora de suínos do mundo

Alta dos preços e crescente escassez de oferta reduzem a margem da gigante chinesa

A maior empresa de carne suína do mundo, a chinesa WH Group, registrou uma queda de 16,9% no lucro do primeiro semestre deste ano, com os preços da proteína mais altos devido à peste suína africana, que compromete o rebanho de porcos da China e se espalha pela Ásia. Segundo a agência Reuters, o lucro atribuível aos proprietários da empresa chegou a US$ 463 milhões, contra US$ 557 milhões um ano antes, enquanto o lucro operacional caiu 11,8% para US$ 765 milhões.

“Prevemos que o maior desafio na China é o aumento constante nos preços do suíno, como resultado da crescente escassez de oferta, o que empurrará para baixo nossa margem de carne embalada”, disse a empresa em um comunicado.

No mês passado, as vendas de carnes embaladas na China ficaram estáveis com a desaceleração do mercado consumidor e a elevação dos preços dos produtos. As carnes empacotadas representam mais da metade das receitas do grupo, que somaram US$ 11,1 bilhões nos seis primeiros meses do ano.

Fonte: Portal do Agronegócio 

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar